DIA DOS POVOS INDÍGENAS (19.04): três filmes sobre os povos originários

Neste 19 de abril, Dia dos Povos Indígenas, celebramos a resistência e a diversidade cultural dos povos originários brasileiros. A distribuidora Embaúba Filmes anuncia o lançamento de três longas que chegam ao longo de 2024 aos cinemas e permitem conhecer e refletir sobre a temática: O ESTRANHO, A FLOR DO BURITI e A INVENÇÃO DO OUTRO.

Com perspectivas diferentes, cada um destes filmes tenta construir imagens que fogem ao senso comum dos documentários clássicos sobre os povos indígenas. Contrariando o olhar tradicional de documentários que contribuíram para a exotificação e o reforço de estereótipos, os filmes trazem os modos de viver e pensar de povos originários com respeito e proximidade, fortalecendo suas singularidades. Conheça mais sobre os filmes abaixo.

                                                          Foto: O ESTRANHO, de Flora Dias e Juruna Mallon

O ESTRANHO (Estreia em 20/06)

Filme de Flora Dias e Juruna Mallon traz o Aeroporto de Guarulhos como protagonista de sua trama. Construído em um território indígena, a história do local se entrelaça com a de seus trabalhadores e das pessoas que vivem e circulam por Guarulhos, evocando a ancestralidade do território e dos sujeitos que ocupam seus espaços na atualidade.


Foto: A FLOR DO BURITI, de João Salaviza, Renée Nader Messora

A FLOR DO BURITI (Estreia em 04/07)

Longa de João Salaviza e Renée Nader Messora é uma ficção de uma história 'real' da comunidade Krahô, situada no Tocantins. Com indígenas como atores, já é o segundo filme da dupla de diretores feito dessa maneira. A obra apresenta uma história de resistência do povo Krahô, teve a sua première no prestigiado Festival de Cannes de 2023 e foi premiado com o Prix d'ensemble (Melhor Equipe) da sessão Un Certain Regard (Um Certo Olhar) no Festival. 


Foto: A INVENÇÃO DO OUTRO, de Bruno Jorge

A INVENÇÃO DO OUTRO (Previsão de estreia no segundo semestre de 2024)

Filme de Bruno Jorge se destaca pela sua meticulosa abordagem na captura de uma expedição da Funai para tentar contato com indígenas da etnia Korubo no Vale do Javari. O longa mostra o contato de indígenas com não-indígenas, pensando nas formas de representação que o cinema pode oferecer de “um outro”. Teve sua estreia no Festival de Brasília em 2022, ganhando 5 prêmios, dentre eles o de melhor filme pelo júri oficial.

DIA DOS POVOS INDÍGENAS

Criado originalmente em 1943, durante o Estado Novo, então como “Dia do Índio”, a data passou a se chamar “Dia dos Povos Indígenas” com a promulgação da Lei 14.402, de 2022. Em 2024, é a segunda vez que as celebrações de 19 de abril ocorrem com este novo nome, após mudança que buscou reafirmar a luta dos povos originários pela sobrevivência desde a colonização até os genocídios atuais.


SOBRE OS FILMES

O ESTRANHO -  Lançamento em 20 de junho

Dir. Flora Dias e Juruna Mallon

Brasil, 2023, 108'

Sinopse - Em um território indígena funciona o Aeroporto Internacional de Guarulhos. Centenas de milhares de passageiros o atravessam diariamente e 35.000 trabalhadores apoiam sua operação. O Estranho retém seu olhar não sobre aqueles que passam, mas sobre o que ali permanece. Seguimos personagens cujas vidas se cruzam no dia a dia do trabalho neste chão. Alê, uma funcionária de pista cuja história familiar foi sobreposta pela construção do aeroporto, nos conduz por encontros através dos tempos. As memórias e o futuro dela e de seus companheiros estão permeados por uma questão comum: rastros de um passado em um território em constante transformação.

World Première - Berlinale - Fórum 2023

Prêmios de Melhor Som e Melhor Fotografia no festival Olhar de Cinema; melhor filme Queer Art de Lisboa; e melhor filme de Nuremberg

Ficha Técnica

Direção: Flora Dias, Juruna Mallon

Empresa Produtora: Lira Cinematográfica, Enquadramento Produções

Coprodutora: Filmes de Abril, Ipê Branco, Pomme Hurlante (França)

Roteiro: Flora Dias, Juruna Mallon

Produção Executiva: Lara Lima, Leonardo Mecchi

Direção de Fotografia: Camila Freitas

Direção de Arte e Figurino: Dayse Barreto

Som Direto, Edição de Som e Mixagem: Gustavo Zysman Nascimento

Edição de Som: Léo Bortolin

Mixagem: Vitor Moraes

Montagem: João Marcos de Almeida

Elenco: Larissa Siqueira, Antonia Franco, Rômulo Braga, Patricia Saravy, Thiago Calixto, Laysa Costa


A FLOR DO BURITI - Lançamento em 4 de julho

Direção - João Salaviza e Renée Nader Messora

Portugal/ Brasil, 2023, 125'

Sinopse - Em 1940, duas crianças do povo indígena Krahô encontram na escuridão da floresta um boi perigosamente perto da sua aldeia. Era o prenúncio de um brutal massacre, perpetrado pelos fazendeiros da região. Em 1969, os filhos dos sobreviventes são coagidos a integrar uma unidade militar, durante a Ditadura brasileira. Hoje, diante de velhas e novas ameaças, os Krahô continuam a caminhar sobre a sua terra sangrada, reinventando a cada dia infinitas formas de resistência.

Première Mundial - 74o Festival de Cannes, Mostra Un Certain Regard, onde recebeu o Prêmio de Elenco (Ensemble Award)

Ficha Técnica

Direção: João Salaviza, Renée Nader Messora

Roteiro: João Salaviza, Renée Nader Messora, Ilda Patpro Krahô, Francisco Hyjnõ Krahô, Ihjãc Henrique Krahô Produção: Ricardo Alves Jr., Julia Alves

Elenco: Ilda Patpro Krahô, Francisco Hyjnõ Krahô

Direção de Fotografia: Renée Nader Messora

Direção de Arte: Ángeles Frinchaboy, Ilda Patpro Krahô

Som Direto: Diogo Goltara

Desenho de Som: Pablo Lamar

Montagem: Edgar Feldman

Gênero: drama

País: Brasil, Portugal

Ano: 2023

Duração: 124 min


A INVENÇÃO DO OUTRO - Lançamento no 2º semestre de 2024

Direção - Bruno Jorge

Brasil, 2022, 144'

Sinopse - Em 2019, a Funai realiza a maior expedição das últimas décadas na Amazônia para tentar encontrar e estabelecer o primeiro contato com um grupo de indígenas isolados da etnia dos Korubos em estado de vulnerabilidade e ainda promover um delicado reencontro com parte da família já contactada poucos anos antes.

Melhor filme do 55⁠º Festival de Brasília, Docville, Ecofalante, Cinemato e Cineeco

Seleção oficial Viennale, Biarritz (menção especial) e Sheffield Doc Fest

Ficha técnica:

Direção: Bruno Jorge

Empresa Produtora: De Bubuia Cine

Roteiro: Bruno Jorge

Direção de Fotografia: Bruno Jorge

Som Direto: Bruno Palazzo, Bruno Jorge

Trilha Sonora Original: Bruno Palazzo

Montagem: Bruno Jorge

Colorista: Eduardo de Andrea

Elenco: Bruno Pereira, Bernardo Natividade, Takvan Vakwë Korubo, Xuxu Korubo, Lucas Albertoni e Jair Candor

Nenhum comentário:

Canal Brasil reexibe episódios de "O Papel da Vida", conduzidos por Marina Person

“ O Papel da Vida ”, programa apresentado por Marina Person durante 2 anos no Canal Brasil, terá alguns episódios reprisados a partir de seg...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba