“Represa” é o grande vencedor do Festival de Cinema de Vitória 2023

 

O 30º Festival de Cinema de Vitória anunciou no último sábado (30) os filmes vencedores do Troféu Vitória, além do vencedor do Prêmio Canal Brasil de Curtas. Durante seis dias de evento foram exibidos 98 filmes – 93 curtas e cinco longas-metragens –  distribuídos em 12 mostras competitivas, que apresentaram um recorte da produção contemporânea do audiovisual brasileiro, com produções realizadas entre os anos de 2022 e 2023. 

 

Na 13ª Mostra Competitiva Nacional de Longas, o grande vencedor foi o filme Represa, de Diego Hoefel, que levou o Troféu Vitória de Melhor Filme (Júri Técnico), Melhor Direção, Melhor Roteiro (Aline Portugal, Diego Hoefel e Marcelo Grabowsky) e Melhor Fotografia (Daniel Correia). O Troféu Vitória de Melhor Interpretação foi para Mel Rosário por Toda Noite Estarei Lá, de Suellen Vasconcelos e Tati Franklin, filme que também recebeu o Troféu Vitória de Melhor Filme pelo Júri Popular. O Júri Técnico da mostra foi composto pelo diretor Lírio Ferreira; pela pesquisadora, crítica, curadora e roteirista, Viviane Pistache; e pela atriz, roteirista e cineasta, Julia Katherine

 

O vencedor do Troféu Vitória de Melhor Filme na 27ª Mostra Competitiva Nacional de Curtas pelo Júri Técnico foi Ramal, de Higor Gomes. Já o Troféu Vitória de Melhor Filme pelo Júri Popular foi a produção capixaba Remendo, de Roger Ghil, que também ganhou o prêmio de Melhor Direção. O prêmio de Melhor Interpretação foi para Ana Clara Barros Barcelos, de O Último Rock, de Diego de Jesus. O Júri Técnico da mostra foi formado pelo pelo jornalista, curador, pesquisador e crítico de cinema André Dib; pela  fotógrafa, diretora e roteirista Safira Moreira; e pelo roteirista e diretor, Marcos Carvalho

 

Também foram entregues o Troféu Vitória de Melhor Filme (Júri Popular e Júri Técnico) para os filmes que participaram das seguintes mostras: 13ª Mostra Quatro Estações, 12ª Mostra Foco Capixaba, 12ª Mostra Corsária, 10ª Mostra Outros Olhares, 8ª Mostra Cinema e Negritude, 8ª Mostra Mulheres no Cinema, 7ª Mostra Nacional de Videoclipes, 6ª Mostra Nacional de Cinema Ambiental e 5ª Mostra Do Outro Lado.  Os curtas-metragens exibidos no 23º Festivalzinho de Cinema de Vitória concorreram ao Troféu Vitória de Melhor Filme pelo Júri Popular. 

 

PRÊMIO CANAL BRASIL DE CURTAS 

 

O júri, composto por jornalistas e críticos de cinema convidados pelo Canal Brasil, escolheu o filme O Último Rock, de Diego de Jesus, para receber o Prêmio Canal Brasil de Curtas. A produção capixaba recebeu o Troféu Canal Brasil e um prêmio no valor de R$15 mil, além de ir para a grade do canal, que exibe curtas-metragens diariamente em sua programação. 

 

O 30⁰ Festival de Cinema de Vitória conta com o patrocínio do Instituto Cultural Vale, da Petrobras e da ArcelorMittal, através da Lei de Incentivo à Cultura, Ministério da Cultura. Conta com o apoio do Canal Brasil, do Canal Like, da Universidade Federal do Espírito Santo, do Cine Metrópolis, da Rede Gazeta, da Carla Buaiz Jóias e do Sesc Glória. Conta também com o patrocínio institucional do Banestes. A realização é da Galpão Produções e do Instituto Brasil de Cultura e Arte (IBCA).

 

30º FESTIVAL DE CINEMA DE VITÓRIA 

TROFÉU VITÓRIA - PREMIADOS 

 

13ª MOSTRA COMPETITIVA NACIONAL DE LONGAS

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Técnico)

Represa, de Diego Hoefel

 

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Popular)

Toda Noite Estarei Lá, de Suellen Vasconcelos e Tati Franklin 

 

Troféu Vitória – Melhor Direção

Represa, de Diego Hoefel

 

Troféu Vitória – Melhor Roteiro

Aline Portugal, Diego Hoefel e Marcelo Grabowsky por Represa, de Diego Hoefel 

 

Troféu Vitória – Melhor Fotografia

Daniel Correia por Represa, de Diego Hoefel 

 

Troféu Vitória – Melhor Contribuição Artística

Incompatível Com a Vida, de Eliza Capai 

 

Troféu Vitória – Melhor Interpretação

Mel Rosário por Toda Noite Estarei Lá, de Suellen Vasconcelos e Tati Franklin

 

Menção Honrosa - Melhor Interpretação

Gilmar Magalhães por sua atuação em Represa, de Diego Hoefel

 

27ª MOSTRA COMPETITIVA NACIONAL DE CURTAS

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Técnico)

Ramal, de Higor Gomes 

 

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Popular)

Remendo, de Roger Ghil

 

Troféu Vitória – Prêmio Especial do Júri

Deixa, de Mariana Jaspe

 

Troféu Vitória – Melhor Direção

Roger Ghil por Remendo

 

Troféu Vitória – Melhor Roteiro

Clara Anastácia por Escasso, de Clara Anastácia e Gabriela Gaia Meirelles

 

Troféu Vitória – Melhor Fotografia

Willian Rubim por Procuro teu Auxílio Para Enterrar um Homem, Anderson Bardot

 

Troféu Vitória – Melhor Contribuição Artística

Davi Kopenawa Yanomami e aos yanomamis, por Mãri Hi - a árvore do sonho, de Morzaniel Iramari

 

Troféu Vitória – Melhor Interpretação

Ana Clara Barros Barcelos por O Último Rock, de Diego de Jesus

 

PRÊMIO CANAL BRASIL DE CURTAS

O Último Rock, de Diego de Jesus

 

23º FESTIVALZINHO DE CINEMA DE VITÓRIA

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Popular)

Amei Te Ver, de Ricardo Garcia

 

13ª MOSTRA QUATRO ESTAÇÕES

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Técnico)

Os Animais Mais Fofos e Engraçados do Mundo, de Renato Sircilli

 

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Popular)

Ferro’s Bar, de Aline A. Assis 

 

12ª MOSTRA FOCO CAPIXABA

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Técnico)

Mångata – Todas as Fases da Lua, de Marcella Rocha

 

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Popular)

O Passarinho Menino, de Ursula Dart

 

12ª MOSTRA CORSÁRIA

Troféu Vitória (Júri Técnico - sem ordem classificatória)

Capuchinhos, de Victor Laet

Desmonte, de Clara Pignaton e Hugo Reis

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Popular)

Capuchinhos, de Victor Laet

 

10ª MOSTRA OUTROS OLHARES

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Técnico)

No Início do Mundo, de Gabriel Marcos 

 

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Popular)

Arrimo, de Rogério Borges

 

8ª MOSTRA MULHERES NO CINEMA

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Técnico)

Lei da Mordaça, de Isabella Vilela 

 

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Popular)

Azul da Cor do Mar, de Natália Dornelas

 

8ª MOSTRA CINEMA E NEGRITUDE

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Técnico)

Mergulho, de Marton Olympio

 

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Popular)

Firmina, de Beatriz Barreto 

 

Menção Honrosa - Filme

Avôa, de Lucas Mendes

 

7ª MOSTRA NACIONAL DE VIDEOCLIPES

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Técnico)

Copo de Silêncio, de Farofa Sintética 

 

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Popular)

Cornélios, de Hecthor Murilo e Patrick Gomes 

 

6ª MOSTRA NACIONAL DE CINEMA AMBIENTAL

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Técnico)

Vãhn Gõ Tõ Laktãnõ, de Barbara Pettres, Flávia Person e Walderes Coctá Priprá

 

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Popular)

Memórias do Fogo, de Rita de Cássia Melo, Leandro Olímpio e Irineu Cruzeiro Neto 

 

5ª MOSTRA DO OUTRO LADO – CINEMA FANTÁSTICO

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Técnico)

Lá Purse, de Gabriel Nóbrega e Lucas René

 

Troféu Vitória – Melhor Filme (Júri Popular)

Encruzilhadas do Caos, de Alexandre S. Buck


Nenhum comentário:

Crítica Filme "Ferrari" por Rita Vaz

Estreia nesta quinta-feira o filme “Ferrari” dirigido pelo cineasta Michael Mann, que também já dirigiu grandes produções, como “O Último do...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba