Estrelando Marcelo Menezes e Douglas Silva, “Fora de Cena” retrata a redenção de um ator frustrado


Em um drama com suspense psicológico, primeiro longa do diretor João Gabriel Kowalski brinca com a busca pela fama 

Abordando uma história que relaciona a obsessão de um ator que deseja sucesso com os traumas do seu passado, o longa “Fora de Cena” é o primeiro do diretor João Gabriel Kowalski. Com um elenco que inclui Marcelo Menezes, Douglas Silva, Hugo Bonemer, Naruna Costa, Gabi Spaciari e Lu Anastácio, o filme brinca com a busca pela fama em um drama psicológico que promete agradar o público, trazendo debates atuais e necessários.

- É um filme que fala sobre a importância de estar bem psicologicamente para conseguir alcançar nossos objetivos. O projeto toca em temas relacionados ao sucesso do ator estar mais associado a quantidade de seguidores nas redes sociais do que propriamente ao seu trabalho. Ao longo da história, o Marcelo (Marcelo Menezes) trai seus próprios desejos por conta da sua raiva contínua. A falta de percepção em alcançar o sucesso o levam ao fracasso – explica o diretor João Gabriel.

Sinopse: Marcelo (Marcelo Menezes) é um ator frustrado que carrega uma carga pessimista em relação aos caminhos da sua carreira. Para conseguir pagar as contas da simplória casa que mora com sua mãe, portadora de alzheimer, ele pratica pequenos golpes com seu melhor amigo Guto (Douglas Silva), um sujeito alegre e otimista. Quando finalmente consegue um papel no filme de Tereza (Naruna Costa), uma renomada diretora, ele começa a perceber que precisa se afastar de seu melhor amigo e largar a vida de golpes se quiser dar certo na carreira.

Um dos focos do enredo é a amizade entre os personagens de Marcelo Menezes e Douglas Silva, que se unem para praticar golpes como forma de ganha pão. Entretanto, o protagonista vê a amizade como um empecilho para seu sucesso, repensando suas escolhas de vida. 

-  A amizade deles é boa, porém os problemas pessoais do Marcelo o levam a duvidar das reais intenções do amigo. Os golpes e falcatruas são uma maneira do Guto (Douglas Silva) ajudá-lo a sobreviver, e apesar de serem uma atitude errada, não são a essência dessa relação – aponta João. 

Para o protagonista do longa, Marcelo Menezes, a experiência é uma oportunidade de questionar não apenas o ambiente da arte, mas suas repercussões no âmbito filosófico e psicológico. Ele realça a importância do ator em questionar seu próprio trabalho e sua relevância na sociedade. 

- Acredito que a primeira pergunta que devemos fazer ao receber um roteiro é o quanto esse personagem precisa da sua história de vida e de como nosso conhecimento pode contribuir nessa elaboração. Vejo o “Fora de Cena” como um filme riquíssimo em circunstâncias potentes, que permitiu aos atores tirarem o melhor se si. São diversas possibilidades e caminhos, e esse livre arbítrio é uma das coisas mágicas que a arte permite – completa o ator Marcelo Menezes. 

O trailer de “Fora de Cena” está no https://www.youtube.com/watch?v=55aHiIVu1B4

Outros detalhes pelo https://www.instagram.com/foradecenafilmeoficial/

 

Nenhum comentário:

Lifetime Movies exibe programação especial de quatro dias em comemoração ao Dia Internacional do Livro

LIVROS, CÂMERA, AÇÃO! apresenta produções inspiradas em sucessos literários a partir do dia 23/4 O Jardim dos Esquecidos ESPECIAL DIA INTER...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba