Confira os premiados! Olhar de Cinema

 


Com imagens do passado e presente que se unem para ilustrar cartas imaginárias pessoais e íntimas a um amor impossível, "Uma Noite sem Saber de Nada” nos apresenta L., uma estudante de cinema indiana. O filme-ensaio, longa de estreia da realizadora Payal Kapadia, foi o vencedor do Prêmio Olhar de Melhor Filme do 11º Olhar de Cinema - Festival Internacional de Curitiba, que, depois de dois anos em formato online, voltou novamente às salas de cinema. A cerimônia de premiação aconteceu hoje à noite (8), no Cine Passeio.

 

Ainda na Mostra Competitiva, o filme-performance de João Vieira Torres, “Mal di Mare”, rodado na Bienal de Veneza de 2019, recebeu o Prêmio Olhar de Melhor Curta-Metragem. A veterana portuguesa Rita Azevedo Gomes recebeu o Prêmio Contribuição Artística pela direção do longa “Trio em Mi Bemol”, e “Freda”, da haitiana Gessica Généus, o Prêmio Especial do Júri. A coprodução do Haiti, França e Benim também foi a escolhida pelo Júri da Crítica, concedido pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine), e levou o Prêmio do Público.

 

Os filmes brasileiros “7 Cortes de Cabelo no Congo”, de Luciana Bezerra, Gustavo Melo e Pedro Rossi, e “Garotos Ingleses”, de Marcus Curvelo, também foram premiados na noite, assim como os títulos “O Hábito de Habitar”, de Nicolás Pérez, e “Upa! Neguinho”, de Douglas Carvalho dos Santos, ambos da Mostra Mirada Paranaense, reconhecidos com o Prêmio AVEC-PR.

 

Já na Mostra Novos Olhares, os destaques foram para a produção chinesa “Jet Lag”, de Xinyuan Zheng Lu, e o sul-africano “Grace Tomada Única”, de Lindiwe Matshikiza, que receberam os prêmios de Melhor Longa-Metragem e Menção Honrosa, respectivamente. “Poeta”, filme cazaque de Darezhan Omirbayev, recebeu o prêmio de Melhor Longa-Metragem da Mostra Outros Olhares.

 

Para conhecer todos os jurados, acesse o link.


Amanhã o público terá uma nova chance de conferir os filmes vencedores, que ganham sessões extras na Cinemateca. Confira a programação no site do festival

 

E o festival também continua para aqueles que não puderam vir a Curitiba ou quiserem conferir os filmes de casa. A programação online está disponível aqui para locação até às 23h59 do dia 9 de junho. O valor do aluguel de cada filme é de R$ 6.


Confira a lista completa de vencedores:

Mostra Competitiva

Prêmio Olhar de Melhor Curta-Metragem

Mal di mare, João Vieira Torres

Prêmio de Contribuição Artística

Rita Azevedo Gomes (Diretora do filme Trio em mi bemol)

Prêmio Especial do Júri

Freda, Gessica Généus

Prêmio Olhar de Melhor Filme

Uma noite sem saber nada, Payal Kapadia

Prêmio de Melhor Longa Brasileiro das Mostras Competitiva, Outros Olhares e Novos Olhares. 

7 cortes de cabelo no congo, Luciana Bezerra, Gustavo Melo, Pedro Rossi

Prêmio de Melhor Curta Brasileiro das Mostras Competitiva e Outros Olhares

Garotos Ingleses, Marcus Curvelo

Mostra Novos Olhares

Melhor longa-metragem

Jet Lag, Xinyuan Zheng Lu

Menção Honrosa

Grace Tomada Única, Lindiwe Matshikiza

Mostra Outros Olhares

Melhor longa-metragem

Poeta, Darezhan Omirbayev

Prêmio do Público

Freda, Gessica Généus

Júri Abraccine

Freda, Gessica Généus

Júri AVEC-PR

Prêmio AVEC-PR Hugo Mengarelli

Melhor filme – O hábito de habitar, Nicolás Pérez

Menção honrosa do Júri AVEC-PR

Upa Neguinho, Douglas Carvalho dos Santos

 

 


Nenhum comentário:

Crítica Filme “Minions 2: A Origem de Gru” por Rita Vaz

Estreia nesta quinta-feira, uma das animações mais esperadas do ano. “Minions 2: A Origem de Gru”, dirigida por Kyle Balda (Meu Malvado Favo...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba