Russian Doll: muito mais que entretenimento, a série traz inspirações de moda incríveis! Confira


O ano de 2019 mal havia começado e a série Boneca Russa era um fenômeno da Netflix. A estreia da segunda temporada demorou, mas finalmente chegou em abril de 2022, trazendo  discussões existenciais vestidas com muito bom gosto. 

Na nova temporada, três anos se passaram desde que a protagonista Nadia (Natasha Lyonne) comemorou seu aniversário de 36 anos. Dessa vez, prestes a completar 40, ela e Alan (Charlie Barnett) revisitam diferentes épocas do passado de sua família através de um portal do tempo no metrô de Manhattan. Juntos, eles precisam achar uma saída para essa aventura extraordinária.

O recurso de viagem no tempo deu à figurinista Jenn Rogien, vencedora do Emmy 2019 na categoria “Melhor Figurino” pela primeira temporada da série, muito o que explorar nos novos episódios. Confira as inspirações no raio X de estilo de Boneca Russa:

O uniforme de Nadia

A figurinista teve a preocupação de manter a identidade visual da protagonista de uma temporada para a outra, tanto que algumas peças de roupa se repetiram. O jeans skinny de cintura alta Gap apareceu nas duas temporadas.

Podemos dizer que Nadia adota uma estética nova-iorquina descomplicada, mas que é, ao mesmo tempo, invejável. 

O look que a representa é o combo jeans preto, blazer, casaco, blusa e bota de salto baixo. O resultado é um visual atemporal, o que é muito importante para se adaptar à passagem do tempo. Não à toa, em praticamente todas as cenas encontramos a personagem com uma variação destas peças. 

As botas

Os calçados raramente são destaque nas produções audiovisuais, mas em Boneca Russa, eles ganham foco enquanto a personagem caminha pelas ruas de Nova Iorque.

As ankle boots pretas que Nadia usa são uma collab Rodarte x Cole Haan e vieram diretamente do guarda-roupas da própria atriz, que as escolheu a dedo para as gravações. 

Rogien encontrou dificuldade em manter as botas em perfeito estado, mas foi capaz de concluir as filmagens com apenas um par substituto.

Muito ouro

Nesta temporada, o ouro desempenha um papel significativo no trauma intergeracional de Nadia. Ele tem a ver com a história das moedas Krugerrand, que representam as desventuras de sua família.

Nadia usa até hoje uma corrente de ouro de moedas que a mãe deu a ela, uma peça que simboliza dor e também amor - e que também aparece na primeira parte da história.

O ouro também aparece em detalhes dos figurinos da protagonista, como a primeira blusa que ela veste na temporada e seu casaco, que apresenta botões dourados na frente, nas costas, nos punhos, cintura e ombros. 

Casacos militares

Logo na abertura, Nadia aparece em cena vestindo um sobretudo preto da marca angelina Avec Les Filles de inspiração militar. A peça lembra o casaco de cashmere Polo Ralph Lauren usado na temporada passada, mas foi atualizado para esta nova versão, que passa uma sensação de alfaiataria masculina. 

O design longo sob medida é usado em quase todos os episódios, exceto em um. Ele é grande para servir como proteção extra e tem espaço suficiente para ser usado sobre o blazer ou casaco de couro.

No quarto episódio, que se passa na Budapeste contemporânea, Nadia aparece com um casaco da Theory verde-oliva. É uma referência aos elementos da Segunda Guerra Mundial que estão presentes na história de sua família.

A figurinista fez questão de escolher casacos com bolsos grandes, pois durante sua jornada, Nadia precisa carregar não só o celular e os cigarros, mas as pistas encontradas. A personagem dispensa o uso da bolsa e distribui tudo entre os bolsos do casaco, dos jeans e do blazer. 

Looks vintage

Para compor as cenas das décadas de 40, 60 e 80, a figurinista de Boneca Russa deu preferência a peças de roupas vintage oriundas de fornecedores de primeira. 

O trabalho para montar este acervo com itens em boas condições específicos de cada período sem misturar nada acidentalmente foi árduo. Membros da equipe da série “Halston”, também da Netflix, foram deslocados para ajudar. 

O resultado pode ser visto quando a mãe de Nadia, Nora (Chloë Sevigny) aparece, e também no estilo da avó de Alan. 

Sem dúvidas, a segunda temporada de Boneca Russa tem a história - e os looks - que poderão fazê-la superar as 13 indicações ao Emmy no próximo mês de julho.

Nenhum comentário:

Crítica Filme “Minions 2: A Origem de Gru” por Rita Vaz

Estreia nesta quinta-feira, uma das animações mais esperadas do ano. “Minions 2: A Origem de Gru”, dirigida por Kyle Balda (Meu Malvado Favo...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba