Hanyo, a Empregada, filme sul-coreano de terror dos anos 60, chega à MUBI nesta quarta (27/4)

Distribuidora, produtora e serviço global de streaming com curadoria, a MUBI exibe em sua plataforma, a partir de 27 de abril, o cult de terror sul-coreano Hanyo, a Empregada (1960), de Kim Ki-Young. A obra foi restaurada pela Federação Coreana de Arquivo de Filmes (KOFA), em associação com o World Cinema Project da The Film Foundation, criada por Martin Scorsese.

Na trama desse suspense psicológico, o compositor de piano de meia-idade Dong Sik tem uma vida atarefada com sua esposa grávida e seus dois filhos. Eles contratam uma empregada doméstica para ajudar na casa, mas a jovem começa a apresentar um comportamento problemático. 

Além de Hanyo, outros 16 títulos estarão com exclusividade na MUBI, graças à parceria com a The Film Foundation. Alguns já disponíveis no especial são Muna Moto (Jean-Pierre Dikongué-Pipa, 1975) e Chess of the Wind (Mohammad Reza Aslani, 1976). Em maio, mais dois títulos estreiam na plataforma: no dia 4, The Law of the Border (Lüfti Ö. Akad, 1966) e, no dia 17, Oh, Sun (Med Hondo, 1967). 

 

Hanyo, a Empregada

A partir de 27 de abril

Exclusivo MUBI 

mubi.com

Nenhum comentário:

Crítica Filme Miss França por Rita Vaz

  Estreia nessa quinta-feira, a comédia dramática francesa “Miss França”, dirigida pelo ator e cineasta luso-francês Ruben Alves (Uma Famí...