Okna Produções celebra 15 Anos com cinco prêmios no Festival de Gramado

 


Fundada em 2006, com sede em Porto Alegre, a OKNA PRODUÇÕES comemora os seus 15 anos com 5 prêmios no Festival de Gramado de 2021. O brasileiro “A Primeira Morte de Joana”, de Cristiane Oliveira, levou os Kikitos de Prêmio da Crítica, Melhor Montagem (Tula Anagnostopoulos) e Fotografia (Bruno Polidoro). Já a coprodução uruguaia, “A Teoria dos Vidros Quebrados”, dirigido por Diego “Parker” Fernández, ganhou os troféus de Júri Popular e Melhor Filme Estrangeiro. Esses longas são dois exemplares de catálogo diversificado da produtora, que conta com mais de 50 obras, entre longas, médias e curtas, além de séries.

“Em tempos atuais, atuar como uma produtora independente, realizar todas essas obras, e cultivar parceiros criativos, coprodutores, associações com empresas distribuidoras e agentes de venda, no Brasil e no exterior, além de curadores, mentores e representantes de festivais brasileiros e estrangeiros é um legado que merece mesmo ser comemorado”, conta Aletéia Selonk, fundadora da empresa, na qual trabalha com gestão de talentos e projetos audiovisuais, da criação à comercialização, atuando como produtora criativa.

Ao longo de sua trajetória, a OKNA PRODUÇÕES contribuiu com a profissionalização do setor audiovisual brasileiro e gaúcho, além do incremento da participação no mercado global, envolvendo-se com todas as possibilidades de interação com os sistemas culturais e produtivos no Brasil, e trabalhando na inserção no mercado internacional. E, com isso, contribuindo também para o fortalecimento do cinema brasileiro e do mercado audiovisual no país. A produtora conta com obras realizadas em parceria com empresas da Alemanha, Argentina, França, Itália e Uruguai.

Em seu catálogo, estão 8 longas-metragens, 22 médias e 20 curtas, além de 6 séries. Com essa filmografia, a produtora ressalta a pertinência desta seleção, assim como a relevância das abordagens, temáticas e opções artísticas. “Escolhemos projetos que tenham uma forte pegada autoral, mas sempre comprometidos com as audiências. Isso faz com que nossos filmes sigam em constante exibição.”

Entre os longas assinados pela OKNA PRODUÇÕES estão “Mulher do Pai, de Cristiane Oliveira, exibido no Festival de Berlim, Rio (prêmio de direção, fotografia e atriz coadjuvante) e Tiradentes; “Ponto Zero”, de José Pedro Goulart, exibido em Locarno, Gramado (prêmios de montagem e som), e Mostra de São Paulo; e a animação “As Aventuras do Avião Vermelho”, de Frederico Pinto e José Maia, inspirado no clássico infantil de Érico Veríssimo, e indicado ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro (melhor filme infantil e melhor animação).

Entre os médias da produtora estão “Futuro Imperfeito”, de Pedro Zimmermann; “Uma certa felicidade”, de Pedro Isaias Lucas; e “Memória Fantasma”, de Pedro Zimmermann. Entre os curtas destacam-se “Por mais que eu te leve pelos caminhos”, de Marcio Reolon e Filipe Matzembacher; “A Guerra e um pouco de Paz”, de Liliana Sulzbach; e “Um Animal Menor”, de Pedro Harres e Marcos Contreras, ganhador de 14 prêmios, e exibidos em 20 Festivais, como Gramado (prêmio de melhor atriz), 5° CINEFANSTASY (Prêmio de Melhor Vítima); VI CURTA CANOA - Festival Canoa Quebrada (Prêmios de Melhor Roteiro e Melhor Vídeo), e XXIX International Film Festival of Uruguay.

A Okna ainda produziu séries como “Sagrados e Profanos”, de Pedro Zimmermann exibido no Fashion TV; “Sementes do amanhã” com direção da Alan Mendonça exibido no Canal Futura, e “Para que servem os homens”, de Eduardo Wannmacher e Vicente Moreno, veiculado na RBS TV. “Diversificamos nossa atuação realizando filmes em diferentes formatos, séries, mostras e festivais de cinema, atuando na distribuição de obras nacionais e estrangeiras e possibilitando também cursos e formação”, explica Selonk.

Atualmente, OKNA PRODUÇÕES trabalha os dois longas que estão no Festival de Gramado, e seus lançamentos em circuito comercial considerando salas de cinema, tv e streaming. E, em breve, entrará em preparação do longa-metragem “Uma Carta para Papai Noel”, do diretor Gustavo Spolidoro, cujas filmagens estão previstas para o primeiro semestre de 2022. Além disso, conclui o desenvolvimento do terceiro longa de Cristiane Oliveira, chamado “Até que a Música Pare”, realizado em coprodução com a Itália, e, também, inicia o desenvolvimento de novo projeto com a roteirista e diretora Rejane Zilles, com título provisório “O Povoado de Romeu”, um longa de ficção ambientado no sul do Brasil. Para a televisão, a produtora prepara o lançamento da série “Tramas da Moda” (5 episódios de 26 min) no canal Fashion TV, que deve acontecer ainda esse semestre.

Selonk ressalta que ela e a produtora Graziella Ferst estão juntas desde o início da OKNA PRODUÇÕES. Atualmente, estão concentradas nas estratégias da empresa e dos projetos. “Desde a fundação até hoje, muitas produtoras talentosas passaram por aqui, contribuíram com a gente e deixaram um pouco de cada uma delas na empresa. Atualmente, Nora Carus e Marlise Aúde nos apoiam nas rotinas de produção executiva, e Gina O’Donnell é nossa consultora de direção de produção.”

Para a lista completa das produções, e mais informações sobre a Okna, acesse https://www.okna.com.br/sobre.html

Nenhum comentário:

Programação da Semana - Cine Passeio (23 a 29 de setembro)

  ESTREIAS EXCLUSIVAS chegam ao #CinePasseio a partir desta quinta (23)!  O grande destaque desta semana é a estreia de mais um filme de D...