Lucy Ramos, Cleo Pires, Negra Li, Wolf Maya, Anderson di Rizzi e grande elenco no novo filme de Thiago Luciano



Seguem até dia 21 de dezembro, na cidade de Sumaré (SP), as filmagens de “O Segundo Homem” longa dirigido por Thiago Luciano. O longa se passa em um futuro próximo, onde o porte de armas é liberado no Brasil e a ação das milícias aumenta progressivamente elevando a violência no país a níveis sem precedentes. Em meio a esse cenário caótico, Miro (Anderson di Rizzi), um homem de bem, decide proteger sua família se alistando na Legião Estrangeira, que chega em missão no Brasil para ajudar as forças de segurança. Mas o que Miro não esperava, era levar a guerra para dentro de sua casa, atingindo sua própria família.  
           

Um drama com tons de suspense e thriller psicológico, “O Segundo Homem” traz um elenco recheado de estrelas: Lucy Ramos, Anderson Di Rizzi, Wolf Maya, Cleo Pires, Negra Li, Pedro Carvalho, Luis Navarro, Filipe Roseno, Carol Godoy, Beto Schultz, Domingos Meira. Thiago Luciano assina a direção e o roteiro junto de Herbert Bianchi.
           

Thiago Luciano nasceu em Campinas e tem um carinho muito especial pela região. As cenas serão filmadas em lugares icônicos e turísticos da cidade de Sumaré, como a Praça das Bandeiras, o Horto Florestal e uma represa dentro do parque municipal chamado "Lagoa do Marcelo". Entre o material já filmado estão cenas ambientadas no Rodeio de Sumaré, o maior evento indoor do Brasil. 
           

Como contrapartida para a comunidade de Sumaré, o projeto ofereceu, em parceria com a Prefeitura, uma oficina de interpretação totalmente gratuita para a população. A oficina foi ministrada pela preparadora de elenco do filme Bia Szvat. Foram cerca de 80 alunos, de todas as idades e que ajudaram a recrutar atores da região para completar o quadro de personagens. 
           

Entre os atores regionais está a Eduarda Esteves, a Duda, que vai viver a Rosa, filha pequena do casal. Ela foi escolhida num teste em Sumaré que reuniu cerca de 20 crianças da região. Segundo dizem nos bastidores, "...a Duda se parece mais com a Lucy Ramos, que a própria Lucy quando pequena".
           

O longa teve algumas cenas filmadas na França e sequências como a da chegada de Miro em Paris para o ingresso na sede da Legião Estrangeira, em Fort de Nogent – Paris. 
           

A Legião Estrangeira, está entre as diversas sub-temáticas abordadas pelo roteiro. Unidade militar francesa formada por estrangeiros vindos de todas as partes do mundo, a Legião foi criada na época de Napoleão Bonaparte e existe até os dias atuais como uma unidade militar de elite do exército francês. Os testes para ser aceito na instituição são extremamente rigorosos, tanto física, quanto mentalmente. Os aprovados são enviados para o combate em conflitos ao redor do globo. Aos sobreviventes que cumprem o contrato com a Legião é ofertado um passaporte francês.  
           
Este é o objetivo de Miro, nosso protagonista: ingressar na Legião Estrangeira, virar cidadão francês e poder oferecer um futuro melhor para esposa Solange (Lucy Ramos) e Rosa, a filha do casal.
           

O filme mostrará um potente aparato militar: caminhões, tropas fardadas e armadas, jipes e todo tipo de armamento foram adicionados na trama, para reproduzir uma situação de ocupação militar na cidade. Uma tropa de aspirantes a legionários foi montada também com elenco local. Os recrutas já passaram por um intenso treinamento físico militar para gerar unidade e sincronia nos movimentos. 
           

“O Segundo Homem” o aporte da Lei do Audiovisual e foi apoiado principalmente por empresas sediadas em Sumaré, como a Selmi (RENATA) e a SOTREQ. Entre os apoiadores do filme também estão a AVM imobiliária de Sumaré, Aeroporto de Viracopos, entre outras parcerias.

Nenhum comentário:

2ª semana da Mostra Mel Brooks - Banzé no Cinema terá debate online

  Em exibição no Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo até a 21 de dezembro de 2020 a Mostra Mel Brooks - Banzé no Cinema , terá deb...