Crítica Filme "O Rei do Show" - Rita Vaz


Phineas Taylor Barnum foi um showman e empresário do ramo do entretenimento nos Estados Unidos.
Ele ficou famoso, principalmente por fundar um circo que ficou conhecido por utilizar fraudes em suas atrações. Era um circo de horrores, onde muitos deles eram fabricados ou aumentados.
O circo fundado por Barnum se tornar o famoso Ringling Bros. and Barnum & Bailey Circus que permaneceu em atividade durante 146 anos.
No longa, dirigido magistralmente por Michael Gracey (estreante na direção de filmes) conhecemos Phineas desde sua humilde infância onde ele e seu pai eram maltratados pelo patrão e onde também, ele conheceu Charity, a filha do patrão, por quem logo se apaixonou.
Passados muitos anos, ele se casa com Charity e para lhe dar uma vida melhor compra um museu e faz dele uma espécie de local de curiosidades.
Mas, é depois de uma conversa com suas filhas que ele tem a grande ideia, a de criar um verdadeiro circo com pessoas e animais.
Mas, as pessoas que participavam de sua trupe, eram pessoas consideradas na época aberrações, porque eram pessoas diferentes, fosse no tamanho, na forma ou na cor.
O longa conta também a trajetória da cantora de ópera Jenny Lind, que foi levada por Barnum em uma turnê por todo os Estados Unidos.
O filme é extremamente bem feito, bem coreografado, bem cantado, exibe uma linda mise-en-scéne e utiliza os recursos de efeitos especiais de uma ótima forma.
Assistindo ao longa, tem-se a impressão de estar vendo uma peça da Broadway, mas com a magia do cinema, pois muitas performances que aparecem no filme são impossíveis de acontecer realmente, mas com o uso correto de tecnologia e magia da sétima arte se tornam possíveis.
O ator Hugh Jackman interpreta o personagem principal e o faz com maestria, ele está ótimo, cantando, dançando e atuando. É impossível não lembrar do musical “Os Miseráveis” ao ouvir o tom da voz dele, pois ela é única e marcante.
A trilha sonora do filme é muito bonita e dou destaque à “This is Me”, onde todo o elenco canta junto e em bom tom o que tem para dizer.
Um filme lindo, agradável e ao mesmo tempo delicioso de ver pelo que proporciona na tela, uma verdadeira experiência do que é a magia do cinema. Recomendo!

Título Original: The Greatest Showman
Gênero: Comédia/Musical/Drama
Duração: 1 hora e 45 minutos
Ano de Lançamento: 2017
Direção: Michael Gracey
Elenco: Hugh Jackman, Zac Efron, Michelle Williams, Zendaya, Rebecca Ferguson, Paul Sparks, Natasha Liu Bordizzo, Yahia Abdul-Mateen II.


RITA VAZ

Nenhum comentário: