Harry Potter e as Relíquias da Morte -Parte I


Incrivelmente fiel ao livro, “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I” é um filme intenso e introspectivo.
Tal qual a história imaginada por J.K. Rowling, o diretor David Yates conseguiu manter no filme o mesmo tom sombrio e angustiante.
A sábia decisão de contar a última parte desta história em dois filmes, possibilitou ao diretor mergulhar nos personagens e apresentar um roteiro cheio de detalhes importantes, que se não fosse essa decisão, seriam perdidos e fariam o filme brilhar muito menos.
Os milhares de fãs de Harry Potter ficarão muito felizes com a reprodução do mundo dos bruxos, pois a qualidade dos efeitos especiais está cada vez melhor.
Nessa primeira parte acompanhamos Harry, Ronny e Hermione em uma busca pelas horcruxes e principalmente o modo de como destruí-las.
Além dessa busca, os três terão que lutar contra Lorde Voldemort que desde a morte de Dumbledore tomou conta do mundo dos bruxos, atacando também os trouxas, produzindo um mundo escuro, sinistro e amedrontador.
Até mesmo seus comparsas sofrem sob o seu jugo e temem a sua ira.
Harry, Ronny e Hermione contarão com seus fiéis amigos para conseguir sobreviver e salvar a todos das garras de Voldemort.
Com um final tenso, porém com a esperança ressurgindo em cada um deles, o filme termina com a promessa de uma segunda parte mais arrebatadora do que todas as outras já apresentadas. Agora fica a expectativa.
Que venha logo a segunda e última parte dessa saga que conquistou o mundo.

Nenhum comentário:

Festival de Cinema Brasileiro de Paris anuncia programação completa de sua 26ª edição

"Nas Ondas de Dorival Caymmi", "Barravento", "Nosso Sonho" e "Meu Nome É Gal".  O Festival de Cinema...

Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba