A Caminho de Pequim



Como acho interessante a gente conhecer a história das coisas, resolvi colocar de forma breve aqui, um pouco da história das Olimpíadas, talvez seja minha singela homenagem a esse grandioso evento e também meus votos para que os atletas brasileiros brilhem muito! Desejo muitas medalhas de ouro a eles!
A primeira edição dos Jogos Olímpicos, em Atenas (1896) teve a presença de apenas quatorze países. Na edição seguinte, houve um descrécimo de dois países. Já a edição de St. Louis, em 1904, que teve a concorrência da Feira Mundial, manteve o patamar esvaziado, com 13 países.Apenas a partir da década de 1960 os Jogos passaram a ter uma presença maior de países. Mas os boicotes às Olimpíadas de Montreal (1976), Moscou (1980) e Los Angeles (1984) por motivos políticos diminuíram a participação das nações.
O número voltou a subir a partir de Seul (1988) e atingiu o seu auge em Atenas (2004), quando ultrapassou pela primeira vez a barreira dos 200 participantes.
Atletismo, ciclismo, esgrima, ginástica artística, levantamento de peso, luta, natação, tênis e tiro. Estas nove modalidades formaram o programa da primeira edição da Olimpíada, em Atenas (1896). Esportes coletivos só passaram a ser disputados a partir de Paris (1900), com a inclusão das disputas de futebol e pólo aquático.Hoje, 32 modalidades fazem parte do programa olímpico.
A grandiosidade apresentada pelos Jogos Olímpicos hoje em dia nem se compara com o início da competição. Se em Pequim são esperados mais de 10 mil atletas, nos Jogos de Atenas em 1896 apenas 241 competidores participaram do evento.O Brasil só começou a participar das Olimpíadas na sexta edição dos Jogos, na Antuérpia, em 1920. Foram 29 atletas, todos homens, que representaram o país na Bélgica.

Nenhum comentário: